Postagens

Mostrando postagens de novembro 2, 2014
Imagem
Milênios e milênios já passaram e a solidão continua sendo vista e tratada de forma injusta. A solidão é uma aliada e não uma inimiga, se tivermos a sabedoria para entende-la, veremos que ela é um doce para os dias amargos de nossas vidas. Comparada a um punhal agudo, ela fere e faz doer muito, isso porque ainda não aprendemos a diferenciar entre a solidão,a tristeza, a saudade, ou até mesmo a angústia, e quando estamos carentes de amor ou uma companhia, nesse momento, em primeiro lugar surge o nome da doce solidão. Precisamos ter frieza para entender, que a solidão é a base de uma futura felicidade, ela nos dá a oportunidade de ouvir o nosso eu, de forma ativa ou preventiva lhe mostrando seu caminho percorrido, ou seus futuros caminhos. Como pode ela ser tratada como se fosse uma vilã? Se ela se preocupa com todos nós. Ela lhe magoa, lhe faz sofrer, seja por pouco ou muito tempo, mas que seja o suficiente para corrigir nosso comportamento, e que traduzam em sentimentos que promo

A MENINA E O ARTISTA

Imagem
A arte da pintura continua sendo uma das maiores comunicações visuais, administrada e valorizada desde o princípio dos tempos, a cada dia enriquece a cultura com mensagens e informações.  Não precisamos procurar, desde que tenhamos sensibilidade e soubermos valorizar artes em centros culturais, ou até mesmo de artistas anônimos.  Em um muro na avenida João Pessoa em Fortaleza, a pintura incrível que nos permite vaias interpretações. uma menina de olhar distante e possivelmente tentando desvendar um futuro incerto, visto que seus olhos mostram olhar distante, e ainda um pouco de esperança. Em um passado próximo era comum ver os muros grafitados, o que para muitos não passavam de riscos ou ou desenhos, mas na realidade sempre traduziram fortes mensagens, um alerta social em relação aos excluídos, com um SOS de inclusão social. Na maioria das vezes com críticas contundentes de quem ver apenas seu próprio mundo, sem entender a importância da arte, usavam cognomes de grafiteiros em tom de
Imagem
Brasileiros e brasileiras, gente forte tal qual a árvore que originou o nome desse país,talvez por merecimento ou reconhecimento, deveria ter o vermelho de suas sementes em algum espaço da bandeira nacional, não só representando o pau brasil, mas simbolizando o sangue derramado por essa gente, na construção desse gigante chamado Brasil. Com certeza, da mais simples a mais sofisticada construção, a matéria prima mais importante não estava a venda nas lojas, o suor de nosso povo. Esse suor que está petrificado e nunca será demolido Brasileiros da ginga da capoeira vindas de além mar, da força  do jangadeiro, que desliza sua jangada sobre as toras de madeira,para desbravar os verdes mares, enfrentando  as marés, o sol e o sal, brasileiros vaqueiro, com seu gibão de couro cru, riscados pelos espinhos nas caatingas, brasileiros do cangaço, e de suas diversificadas culturas, do tambor, da sanfona, do berimbau,todos emfim brasileiros culturais,independentes de regiões, representam em sua
Imagem
Não precisamente que tenha sido por esse motivo, mas não descartamos a possibilidade , de que uma das maiores injustiças cometida pela humanidade, deva-se a um erro de interpretação. Quando anunciaram o nascimento de um novo rei, se apressaram em persegui-lo com tanta ira, que ficaram surdos, nem ouviram ela falar, que o reino dele não era desse mundo, e a continuação dessa história a maioria conhece. Ora, se o reino dele não era desse mundo, e ele só pregava o amor e a igualdade, que ameaça ele podia trazer? Entre muitas interpretações, uma se destaca. É que ele com o seus ensinamentos, poderia tirar dos poderosos reis, a concentração do poder, esse era o motivo, porque em nenhum momento, ele demonstrou interesse pela prata ou pelo ouro. Nota-se que interpretações apressadas, e com base de defesa de interesses próprios, já é uma prática antiga. Interpretações e questionamentos, continuam em atividade em todas as classes sociais, em que vão desde os tribunais, onde as leis são i

COISAS DO DESTINO

Imagem
O destino, acreditar ou não, não será nenhuma novidade. Porque existem os que não acreditam na existência divina, e mesmo assim devemos respeitar a opinião dos mesmos, para que tenhamos o direito de sermos respeitados também. Embora as evidências sejam claras, alguns querem provas maiores. Imaginem acreditar no destino, quando as Moiras, que na mitologia grega, eram as três irmãs que teciam o fio da vida, e que tinham o poder de tirarem ou acrescentarem qualquer coisa referente a vida, na época eram temidas e respeitadas, e ninguém questiona sobre o poder das mesmas. Hoje já desenvolveram no campo das explicações, uma justificativa para quase tudo. Eu acredito no destino, e se você não acreditar, eu também acredito em você. Nem toda explicação convence, e temos a liberdade de escolha, e é normal escolhermos sem termos de nos preocupar com a opinião dos outros, porque se ficarmos pedindo opinião com frequência, isso diminuirá nossa personalidade, causando dependência. Já ouvi de vá
Imagem
Até quando e porque estamos enfrentando essa instabilidade? O país não sofre com problemas internos, mas de natureza administrativa. Não temos tsunami, terremotos, maremotos, ciclones, problemas esses com impossibilidade de controle, o que pode acontecer são estudos que possibilitem informações para uma ação preventiva, mas controle total não. Temos a Amazônia considerada o pulmão do mundo, temos reservas naturais, reservas minerais e grandes reservais pessoais, de pessoas inteligentes, cultas, e competentes, o que nos falta para encontrar as soluções para os problemas solucionáveis? Vontade política? Já que comprovadamente temos mostramos ao mundo inteiro que somos uma nação trabalhadora, e não desistimos nunca, porque não podemos mostrar que também somos de boa vontade. Precisa de paralisação? De protestos? Guerras internas? sufoco? Sofrimento? Vergonha? Subornos? Injustiças sociais? Instabilidade? Por que? E até quando? Quem vai responder? Passaram-se tantos anos em que tivemo

IMPARCIALIDADE

Imagem
  Ser imparcial, as vezes somos, e em outras vezes pensamos que somos. É preciso monitorar nosso comportamento em relação a esse assunto, porque ele é muito delicado. Lidemos com situações de emoções e interesses, e isso poderá lhe deixar confuso. Existem pessoas que defendem interesse próprio ou de terceiros, seja de forma oficial ou formal. E quando isso acontece, é inevitável questionamento ou ruptura de relacionamento, exigindo de você firmeza de ação e convicção. Não se deixe influenciar, pessoas com parecer contrário mas sem poder de convencimento, apenas quebram uma condição harmoniosa, mas não conseguirão desestruturar o grupo, porque a realidade e a verdade os calam. Utilize o mesmo peso e a mesma medida, nunca quebre regras pré-estabelecidas, e se possível seja democrático. A vitória da maioria lhe isenta de ou diminui as críticas em relação a você, e lhe fortalece perante os demais, mesmo assim, não baixe a guarda. Tente conquistar novos adeptos a situação. A imparci