Postagens

Mostrando postagens de abril 9, 2023

Calma, Mundo

Imagem
  O que realmente está acontecendo? A violência desenfreada nos deixa incerto sobre o amanhã, não conseguimos entender ou muito menos aceitar o descontrole emocional de tantas pessoas. E mesmo que isso seja resultado de uma desiguadade que perrcorre o planeta desde o seu princípio, não é justificável ceifar vidas de pessoas que nem viveu ainda. Sabemos que a lógica dos pensamentos não prevalecem, mas apelamos para a sensatez de valorizar a vida. Quem perde a liberdade, estará em um labirinto cercado de medo, nãoprecisamos expor o nosso desespero, nem tão pouco provar a ninguém do que somos capazez, a vida é a nossa maior conquista, e viver é proteger e ser protegido sem perder a liberdade. Amar é tão desafiador quanto perdoar, e é nescessário aprender a pensar e agir para não ter que se arrepender, depois de consolidar nossas ações desproporcionais a lógica da vida, o arrependimento de nada servirá. Não caiam no conto de que o arrependimento apaga o nosso passado, somos todos

TÁ na Hora

Imagem
  Tá na hora de enxergar a realidade e fazer um sacrifício para melhorar o mundo, já que mudá-lo é algo basicamente impossível. Nossas vidas que antes eram associadas ao destino, atualmente são incógnitas diante de um mundo doente e transbordando de insanidade, já não é apenas cautela, é prece, proteção e sorte. Mais somos árvores resilientes, cortadas ou podadas, rasgam os galhos com novos brotos. Precisamos acionar a nossa consciência coletiva, para entender os desgastes emocionais de tantas pessoas em que muitas vezes julgamos e condenamos, sem no mínimo pensar sobre situações ou motivações contrárias a normalidade. Amar, esse verbo desafiador e necessário fará a grande diferença . Amar é tão difícil o quanto é fácil dizer que ama, mas se é pra falar de amor, teremos que mergulhar em nossa história ancestral e tentar descobrir o que muitos fizeram para serem imortalizados. Não se dobrem diante das dificuldades, e por doloroso que pareça ser ouvir isso, talvez seja o at